João Pessoa - Paraíba - Brasil

Buscar Imóveis

GLOSSÁRIO

  • DOMICÍLIO COMERCIAL

    Lugar onde o comerciante responde pelos atos de comércio (tem seu comércio), por constituir a sede da administração central do negócio ou por ter sido eleito nos estatutos da pessoa jurídica.

  • DRY WALL

    Elemento construtivo utilizado para fechamento de ambientes, principalmente como paredes divisórias internas. Composta de estrutura metálica revestida de ambos os lados com gesso cartonado, as placas de dry wall têm desempenho satisfatório em termos de resistência e isolamento termo-acústico. Em relação às paredes de alvenaria, apresenta maior flexibilidade para instalações elétricas, colocação rápida (placas pré-fabricadas) e limpeza na obra, entre outras vantagens.

  • DUPLEX

    Ver apartamento duplex.

  • EDÍCULA

    Pequena casa; dependência para empregados.

  • EDIFICAÇÃO

    Obra coberta destinada a abrigar atividade humana ou qualquer instalação, equipamento e material.

  • EDIFICAÇÃO PERMANENTE

    Aquela de caráter duradouro, como um prédio, casa, loja, indústria etc.

  • EDIFICAÇÃO TRANSITÓRIA

    Aquela de caráter não permanente, passível de montagem, desmontagem e transporte.

  • EDIFÍCIO

    Construção verticalizada composta por unidades destinadas a diversos fins, como residencial (apartamentos) comercial (escritórios), de hospedagem (flats e hotéis), entre outros.

  • EDIL

    Do latim aedes, casa, prédio; daí edificium, combinado com ficium, de facere. É também sinônimo de vereador.

  • ELEMENTOS MATRICIAIS

    Característica de um prédio (localização, etc.) que permitem a sua identificação.

  • EMBASAMENTO

    Parte inferior de um edifício destinada a sua sustentação.

  • EMBOÇO

    Segunda camada com se reveste uma parede.

  • FACHADA

    Qualquer das faces externas de uma edificação. O termo geralmente é utilizado para designar a fachada da frente ou fachada principal, que se volta para a rua. A fachada lateral se volta para o lote ao lado, enquanto a fachada posterior se volta para os fundos do terreno.

  • FIADOR

    Aquele que presta fiança. Quem abona alguém, responsabilizando-se pelo cumprimento de obrigações do abonado. O credor não está obrigado a aceitar o fiador indicado se este não for pessoa idônea, domiciliada no município onde vá prestar fiança ou não possua bens suficientes para desempenhar a obrigação.

  • FIANÇA

    Ato ou contrato que dá ao credor uma segurança de pagamento, que se efetiva mediante promessa de terceiro, um fiador, no caso, que se responsabiliza parcial ou totalmente pela execução da obrigação principal a cargo do devedor, caso este não venha a honrá-la. A fiança completa a insuficiência patrimonial do devedor com o patrimônio do fiador. Se o devedor não pagar o débito ou se seus haveres forem insuficientes para cumprir a obrigação assumida, o credor poderá voltar-se contra o fiador, reclamando o pagamento da dívida.